terça-feira, 16 de junho de 2009

No olhar perdido, no momento vivido, um novo...

Pathos

Beijo sulforoso que rasga meus lábios,
que sagra minha alma
e confunde minha calma

Beleza nuclear que me faz ruir,
que queima meus olhos
e inunda meus poros

Com um toque que congela,
hálito que desvela
um sentimento novo
que não reconheço em livros, versos ou linhas,
tentando-me a rotulá-lo de amor
com medo de igualá-lo a outro qualquer,
a mais um em uma pilha na estante do meu quarto

Nenhum comentário: