segunda-feira, 30 de abril de 2012

Nada muito novo para quem vive no escuro:



Os muros

Os muros...
Tão mais duros
Quanto mais insensíveis
Tão mais intransponíveis
Quanto mais invisíveis
Tão mais sem furos
Seriam esses muros?




Nenhum comentário: