domingo, 1 de julho de 2012

Um quase-soneto VII:

Sr. Soi, o dever & o poder

O dever,
Um ser ancestral.
O poder,
Um animal.

Os deveres
Soam morais.
Os poderes
Algo mais.

"Tudo podes, nada deves - jamais!"
Picham nos muros da história,
Nos limites da glória,
Os corações livres
& os espíritos leves



Nenhum comentário: